Leo Palace: novo escândalo, desta vez com ar-condicionado

A gigantesca empresa especializada em aluguéis de apartamentos Leo Palace enfrenta mais um problema. Desta vez com o volume de reclamações por causa dos aparelhos de ar-condicionado. Em parte dos imóveis eles estão programados para desligar após 3 horas de uso. A rede alega que essa pré-configuração é para evitar o aquecimento global.

Com a onda de calor incomum no arquipélago, as reclamações são tantas que a empresa teve que tomar providências.

A imprensa tomou conhecimento na terça-feira (31) de que a rede está providenciando a reconfiguração ou substituição dos aparelhos de ar-condicionado.

Segundo declaração do Leo Palace, são cerca de 390 mil apartamentos com aparelhos pré-configurados. Refere-se aos imóveis construídos entre 2002 a 2015.

Até o momento já tomou providências em 64 mil apartamentos.

Reclamações no Leo Palace e “gambiarra”

Segundo o jornal Sankei, em junho recebeu 130 queixas e em julho o volume subiu para 1.165, até 29. “Há possibilidade de ter hipertermia” ou “está relacionado à vida”, foram alguns dos registros de reclamações.

“Nós já paramos, não vamos mais instalar”, declarou a empresa para a imprensa, em relação a esses aparelhos.

O departamento de relações públicas informou que os inquilinos que desejam a troca do aparelho podem comparecer a um escritório mais próximo ou ligar para o número gratuito 0120-590-080, das 10h às 19h.

Os japoneses também fazem “gambiarra”. Um YouTuber residente em um apartamento da rede postou um vídeo sobre como desbloquear essa pré-configuração, depois de ter ligado para a fabricante e não ter obtido resposta. Descobriu como cancelar a pré-configuração.

FONTE: PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *