Maduro participa em Havana do encerramento do Foro de São Paulo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se encontra em Havana para participar nesta terça-feira, junto com outros presidentes latino-americanos, políticos e ativistas, da última jornada da 24º edição do Foro de São Paulo, um espaço de encontro anual da esquerda na América Latina.

Maduro chegou na noite de segunda-feira ao aeroporto José Martí da capital cubana, onde foi recebido pelo Ministro de Relações Exteriores do país, Bruno Rodríguez, informou a agência estatal “Imprensa Latina”.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, e o de El Salvador, Salvador Sánchez Cerén, também estão em Havana, onde a jornada final do fórum que reúne mais de 400 delegados de todo o mundo começa hoje com uma sessão especial dedicada às ideias do líder histórico Fidel Castro.

Após a sessão e um encontro posterior de uma comunidade de intelectuais de esquerda, espera-se que esses dirigentes, aos quais se juntará o presidente cubano Miguel Díaz-Canel, compareçam à sessão de encerramento da 24ª edição do fórum.

O Foro de São Paulo, que retorna a Cuba depois das edições em 1993 e 2001, tem como objetivo este ano buscar a unidade da esquerda em relação ao que os partidários desta corrente política consideram “ataques” da direita, do “imperialismo” dos EUA e do neoliberalismo.

Criado nos anos 1990 por iniciativa do falecido líder cubano Fidel Castro (1926-2016) e de Luiz Inácio Lula da Silva, o grupo foi concebido como um espaço de concertação política.

O Foro inclui partidos políticos de esquerda de Argentina, Aruba, Barbados, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Curaçao, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Martinica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

A última edição aconteceu na Nicarágua entre 15 e 19 de julho de 2017.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *