Mais de 39ºC em Tokai e Kanto-Koshin: Efeito Foehn

Os termômetros das cidades de Tajimi (Gifu), Maebashi (Gunma) e Kumagaya (Saitama) marcaram mais de 39ºC na quinta-feira (2), antes do meio-dia. Nagoia (Aichi) e Mino (Gifu) tiveram registros de 39,6ºC e 39,9ºC, respectivamente, às 14h.

Às 14h30 a cidade de Tajimi registrou 40,2ºC.

Os registros em Toyota (Aichi), Kofu (Yamanashi), Minokamo, Gujo, Gifu e Ibigawa (todas em Gifu), além de Hamamatsu (Shizuoka) foram de 38ºC a 38,9ºC.

Essa onda de calor em Tokai e Kanto-Koshin é devido ao Efeito Foehn, segundo a Agência de Meteorologia do Japão.

Ele ocorre quando os ventos são forçados a subir as montanhas. A camada de vento sobe as encostas e devido à diminuição da pressão atmosférica se resfria e pode até gerar precipitação.

Ao conseguir chegar ao topo das montanhas, já desprovido de umidade, desce o outro lado da encosta da montanha, seco e quente.

Pico do calor perigoso

Por causa desse fenômeno, ao chegar nos locais mais altos, há também a possibilidade de chuva intensa acompanhada de trovões, nas regiões Tokai e Kanto.

A preocupação das populações dessas regiões é a temperatura à noite também. Até a virada do calendário a previsão é de que se mantenha alta, na faixa dos 30ºC.

Esse calor exagerado e perigoso terá pico na sexta-feira (3). A partir de sábado (4) deverá amenizar um pouco, chegando a 35ºC.

A AMJ recomenda hidratação e suplementação com um pouco de sal nas casas onde há idosos, bebês e crianças. Também é importante bloquear os raios solares fechando a cortina e usar adequadamente o ar-condicionado.

FONTE : PORTAL MIE



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *