Marcos Rezende é vereador com maior produtividade no 2º semestre de 2019

Presidente da Câmara Municipal de Marília lidera na elaboração
de projetos de Lei, apresentações de requerimentos e indicações

Balanço da produtividade dos vereadores de Marília referente ao segundo semestre de 2019 comprova que o presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende (PSD), é o parlamentar municipal com maior produtividade. Vereador em terceiro mandato, Marcos Rezende, que desde janeiro de 2019 exerce a presidência do Poder Legislativo, apresentou 10 projetos de Lei [estão contabilizados projetos de Decreto Legislativo, de Lei e de Lei Complementar], 270 requerimentos e 114 indicações. Marcos Rezende lidera sozinho o ranking de projetos de Lei e de Requerimentos, dividindo com os vereadores Cícero do Ceasa, João do Bar e Delegado Damasceno a primeira colocação em números de indicações. Os quatro vereadores apresentaram cada um o mesmo número de indicações: 114.

Os dados referentes à produtividade dos vereadores de Marília estão disponíveis no site oficial da Câmara Municipal. No perfil de cada vereador, o portal apresenta os números totais de cada ano da Legislatura. Quando somada a produtividade do ano inteiro, o presidente Marcos Rezende contínua líder em requerimentos, 420 ao todo, e projetos de Lei, 31, e fica na vice-liderança em indicações, com 238 solicitações. À frente, em indicações na produtividade anual estão o segundo-secretário João do Bar (PHS) e o ex-presidente Delegado Damasceno (PSDB), ambos com 240. Damasceno é o segundo em quantidades de projetos de Lei, 15, e o também ex-presidente Luiz Eduardo Nardi (PL), é o 3º colocado, com 11.

Em requerimentos, Marcos Rezende lidera com folga, com quase 200 requerimentos à frente do segundo colocado em produtividade neste quesito, o vereador Marcos Custódio (PSC), com 221 documentos. Marcos Rezende produziu 420 requerimentos ao longo do ano de 2019 inteiro. O terceiro vereador em produtividade de requerimentos é o delegado Damasceno, com 198 pedidos. Da produtividade dos vereadores em indicações, o presidente Marcos Rezende responde por 8,6% das indicações (2.756), em requerimentos 25% (1.826) e em 15% dos projetos de Lei de autoria do Parlamento. Ao todo, durante o ano legislativo de 2019 foram aprovados 276 projetos de Lei, sendo 122 de autoria dos vereadores da Casa de Leis e as demais matérias de autoria do Poder Executivo.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *