Marcos Rezende trabalha pela revitalização da Criança Feliz e plano de carreira do magistério

O presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Marcos Rezende (PSD), vem trabalhando para que a Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Criança Feliz, a maior escola de Educação Infantil da rede mariliense de ensino com quase mil estudantes, possa ser totalmente revitalizada. O parlamentar é autor de requerimento aprovado na segunda-feira, dia 17, onde solicitou ao prefeito Daniel Alonso (PSDB) e ao secretário municipal de Educação, professor Helter Bochi, bem aos secretários de Obras Públicas (André Ferioli) e do Planejamento Urbano (José Antônio de Almeida), amplo projeto para a reestruturação da Criança Feliz. Localizada na zona Norte de Marília, a maior escola da rede municipal possui 40 professores e 30 funcionários.
Marcos Rezende e sua equipe participaram da festa junina promovida pela comunidade escolar na semana passada, oportunidade em que conversou com comunidade, professoras e direção da escola. “Fomos muito bem recebidos pela diretora Ana Lúcia Jacob, por suas auxiliares de direção e coordenadoras, bem como todas as educadoras que formam o corpo docente desta formidável unidade escolar”, afirmou Marcos Rezende.
O presidente da Câmara ressaltou que, entre as melhorias necessárias da Criança Feliz, estariam reparos em toda a estrutura, construção e reforma da quadra (a existente não atende as medidas oficiais e não possui arquibancadas), cobertura para interligar salas externas com o prédio principal e melhorias na lavanderia. “Sabemos que a administração municipal prioriza a educação e, certamente, esta reivindicação, que é justa e autêntica, será devidamente atendida”, salientou o presidente da Câmara.
Em outro requerimento, também aprovado na segunda-feira, dia 17, o vereador pede ao Município para que proceda a retomada dos estudos e análises de impacto para o Plano de Carreira do Magistério, conforme foi solicitado pelos servidores da Educação. “Marília é reconhecida nacionalmente por sua excelência da sua rede municipal de ensino e todo este êxito se deve aos esforços dos professores e servidores da Educação, de modo que o Plano de Carreira do Magistério consistiria numa forma do Município reconhecer e valorizar estes trabalhadores”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *