Marília fica em 10º lugar no ranking de cidades com mais de 100 mil habitantes que mais vacinam em SP

No ranking das cidades com mais de 100 mil habitantes do Estado de São Paulo, Marília está em 10º lugar em número de vacinas aplicadas contra o coronavírus. O dado foi informado pelo governo paulista na última sexta-feira (12), na apresentação da ferramenta online.

A lista compara as médias de imunização de acordo com a população total de cada município. São Paulo tem cerca de 80 municípios com mais de 100 mil moradores.

Marília aparecia na sexta-feira com 4,8% da população imunizada. Conforme divulgou a Secretaria Municipal da Saúde,  a cidade bateu a marca de 11.462 pessoas vacinadas – já o site www.vacinaja.sp.gov.br/vacinometro divulgou no início da tarde desta segunda (15) que o número já estava em 12.853, representando 5,35% da população mariliense.

O ranking é liderado por São Caetano do Sul (8,1%), seguido de Catanduva (7,2%) e Botucatu (7%). A média de imunização da população paulista está em 2,8% do Estado.
Para o secretário municipal da Saúde de Marília, Cássio Luiz Pinto Júnior, o resultado pode ser atribuído à organização, capilaridade da rede de saúde de Marília e, principalmente, engajamento dos servidores.

“A campanha Imuniza Marília segue a todo vapor, vacinando trabalhadores da saúde e outros grupos prioritários. A equipe de profissionais e técnicos da Secretaria de Saúde de Marília é fantástica. A eles, o mérito”, disse o secretário.

VACIVIDA

Nas próximas semanas a ferramenta do governo paulista será ampliada para referenciar soluções, assegurar transparência e uniformizar a velocidade da campanha nas 645 cidades de São Paulo, segundo o governador João Doria – até segunda-feira 644 municípios já estão vacinando – apenas São José dos Campos ainda não aparece na lista.

“É uma forma de incentivar a vacinação e o bom trabalho que, na sua expressiva maioria, prefeitas e prefeitos do estado de

São Paulo vêm realizando na vacinação”, afirmou Doria.
Segundo dados do Vacinômetro às 13h desta sexta, a campanha iniciada no dia 17 de janeiro já alcançou mais de 1,3 milhão de pessoas, o equivalente a 2,8% dos 44,6 milhões de habitantes do território paulista.

O ranking será atualizado semanalmente. São usados dados demográficos da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade).

A meta é integrar o novo painel ao Vacinômetro nas próximas semanas e permitir consultas específicas por faixas etárias e média de vacinados a cada 100 mil habitantes.

Os recortes vão permitir a identificação tanto de gargalos locais que atrasam a vacinação como os cenários municipais em que a imunização é mais rápida. Com os dados, a Secretaria da Saúde vai poder orientar as prefeituras a solucionar problemas e apontar soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *