Morales quer que presidente do Supremo Tribunal assuma presidência da Bolívia

O ex-presidente boliviano Evo Morales e seus advogados na Argentina pediram nesta quinta-feira em Buenos Aires que a partir de 23 de janeiro, quando terminarem os atuais mandatos constitucionais, o presidente do Supremo Tribunal Boliviano tome o poder, como previsto na cadeia sucessória.

Morales apresentou em uma entrevista coletiva em um hotel em Buenos Aires os advogados constitucionalistas Eugenio Zaffaroni e Gustavo Ferreyra como seus defensores e assessores em assuntos jurídicos na Argentina contra os mandados de prisão pelos supostos crimes de terrorismo e sedição emitidos por promotores na Bolívia.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *