Motorista de Uber, filho de músico está desaparecido em BH

Familiares e amigos estão à procura do motorista de Uber Luiz Antônio da Silva Rodrigues, de 25 anos, desaparecido desde sexta-feira (3), em Belo Horizonte. Ele saiu de casa para trabalhar e não voltou mais. O último contato que ele fez com a namorada foi na manhã de sábado. O jovem dirigia um Gol branco, placa PZN-1817. 

Segundo o pai, o músico Fernando Rodrigues, Luiz rodava no turno da noite. No dia do sumiço, ele falou com o filho por volta das 22h. “Liguei pra ele na sexta, depois daquela chuva forte para ver se estava tudo bem. Ele disse que sim e que iria trabalhar a noite toda”, contou Fernando.

A família começou a estranhar o sumiço do jovem no início da noite de sábado. “Às vezes ele dormia na casa de amigos ou da namorada. Por isso, no sábado durante o dia pensamos que ele estivesse dormindo. Achamos estranho quando deu 6h da tarde e ele não atendia. Depois, o Whatsapp dele foi bloqueado”, relatou o pai.

Daí em diante, o pai e outros familiares começaram a ligar para amigos, namorada e pessoas próximas do rapaz na tentativa de obter informações de seu paradeiro. “A namorada dele disse que a última vez que falaram foi no sábado por volta de 6h da manhã. Ele falou que tinha rodado a noite toda, estava muito cansado e iria dormir. Disse também que iria desligar o celular”, contou Fernando. Depois disso, Luiz Antônio sumiu e o celular foi desligado.

O músico Fernando Rodrigues com o filho Luiz Antônio

 © Reprodução/Instagram O músico Fernando Rodrigues com o filho Luiz AntônioO jovem trabalhava com o transporte de passageiro por aplicativo há três anos. O pai o descreve como uma pessoa tranquila e que nunca teve problemas. “Nunca tive conhecimento dele envolver em confusão, usar drogas ou qualquer coisa que pudesse justificar um sumiço assim”, comentou. 

Quase 48h sem conseguir contato, a família procurou a polícia. “Não consegui registrar a ocorrência do desaparecimento ainda porque a delegacia especializada só funciona durante a semana, mas tenho contado com a ajuda de amigos para divulgar na redes sociais”, informou. 

FONTE : MSN BRASIL (VIA EM.COM.BR)

Sem a Polícia Civil ainda no caso, a família disponibilizou um número de telefone para contato, caso alguém tenha alguma informação sobre o paradeiro do motorista. 

Contato: 31 98624-9083 (falar com Fernando).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *