Número de trabalhadores brasileiros no Japão aumenta 6,3%

 O número de trabalhadores brasileiros no Japão subiu 6,3% em um ano, chegando a 135.455, segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (31), com base nos registros de outubro do ano passado.

Por nacionalidade, os trabalhadores chineses constituem o maior grupo, com 418.327 pessoas, um aumento de 7,5% em relação ao ano anterior, seguido pelos vietnamitas, cujo número subiu 26,7%, para 401.326.

Os vietnamitas poderão passar os chineses em 2020 se mantiverem esse ritmo de crescimento, tornando-se o maior grupo de trabalhadores estrangeiros no Japão.
Os filipinos aparecem em terceiro lugar, com 179.685 trabalhadores e aumento 9,6%, seguidos pelos brasileiros em quarto.

De uma forma geral, o número de trabalhadores estrangeiros no Japão atingiu um novo recorde de 1.658.804, aumento de 13,6%, em meio ao envelhecimento da população e ao crescimento de estagiários de outros países para compensar a falta de mão de obra.

Entre os trabalhadores brasileiros, 47,1% (63.738) têm visto permanente, 37,7% (51.050) têm visto de longa permanência e os demais têm outros tipos de status.

Os setores de trabalho mais ocupados por brasileiros são produção (fábricas), com 43,8% (59.318); serviços e outras áreas similares, com 36,1% (48.951); comércio, com 4,1% (5.545) e construção, com 2,3% (3.150).

FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *