Pesquisa feita no Japão indica que sintomas da Covid-19 persistem meses após contágio

Os resultados interinos de um estudo japonês sobre efeitos a longo prazo do coronavírus mostram que algumas pessoas têm problemas de fadiga e queda de cabelo, entre outros sintomas, 6 meses após terem sido diagnosticadas com a Covid-19.

Três grupos de estudo do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social vêm realizando a pesquisa.

Um grupo envolvendo o professor Fukunaga Koichi, da Universidade Keio, perguntou a 246 pessoas, que tinham sido internadas devido ao contágio, se tinham algum sintoma 6 meses após contrair a doença.

Cerca de 80 por cento dos respondentes disseram que sentiam ter se recuperado até o nível antes da infecção pelo coronavírus.

A pesquisa mostra também que 21 por cento relataram estar com o problema de fadiga, e 13 por cento, falta de ar. Também, 11 por cento se queixaram de transtorno do sono, e 10 por cento, queda de cabelo.

FONTE;NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *