Polícia faz buscas na casa do ex-governador Agnelo Queiroz

Policiais cumprem ordens de busca e apreensão na casa do ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT). Também está entre os alvos da operação deflagrada nesta manhã pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios o ex-secretário de Saúde Rafael Barbosa. A Operação Alto Escalão apura a prática de corrupção na compra de leitos hospitalares ainda na gestão do petista, encerrada em janeiro de 2015.

São cumpridos ao todo 13 mandados de busca e apreensão. Os investigadores apontam que o dono da empresa Hospimetal pagou R$ 462 mil a agentes que atuariam em nome de autoridades do governo local, em troca da contratação, efetuada em 2014. O valor equivale a 10% do montante total do contrato, de R$ 4,6 milhões.

De acordo com o Ministério Público, a vantagem indevida foi paga por meio de um contrato fictício de publicidade e marketing firmado entre a empresa que pretendia vender seus produtos à Secretaria de Saúde do Distrito Federal e o Instituto Brasília Para o Bem-Estar do Servidor Público (Ibesp), também alvo da operação.

A operação desta quinta deriva de outra investigação, a Checkout, cuja primeira fase, em junho de 2018, cumpriu 16 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Na ocasião foram investigados funcionários da Secretaria de Saúde e de empresas privadas suspeitas de fraude em licitação e corrupção na compra de macas, leitos de hospitais e outros tipos de mobiliários para unidades da rede pública.

FONTE : CONGRESSO EM FOCO (UOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *