Polícia japonesa diz que suspeito de incêndio criminoso utilizou lan-house dias antes do ataque

A polícia descobriu que o suspeito do incêndio criminoso de quinta-feira passada que deixou dezenas de mortos em um estúdio de animação de Kyoto, no oeste do Japão, visitou uma lan-house poucos dias antes do incidente.

Shinji Aoba é suspeito de ter colocado fogo no estúdio nº 1 do Kyoto Animation, deixando 34 mortos e 34 feridos. O homem de 41 anos de idade também sofreu queimaduras graves. O plano da polícia é prendê-lo assim que sua condição de saúde melhorar.

A polícia disse que após visitar a lan-house na cidade de Kyoto, Aoba comprou galões de gasolina e um isqueiro em uma loja na cidade de Uji. Ela acredita que Aoba tenha então inspecionado o estúdio e outras instalações da empresa.

Imagens de câmeras de segurança nas proximidades da sede do Kyoto Animation mostram um homem parecido com Aoba empurrando um carrinho no dia anterior ao ataque.

A polícia pretende analisar computadores na lan-house como parte de seus esforços para descobrir o motivo do ataque.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *