Policial da delegacia de Osaka não viu preso fugir porque assistia vídeo pornô

A ANN noticiou que um dos policiais que estava de vigia na Delegacia de Tondabayashi (Osaka) assistia a filme pornográfico quando o detido fugiu.

Em outubro a delegacia informou que 7 policiais foram punidos com redução salarial, responsabilizados por deixarem o detido escapar.

No entanto, mais tarde a ANN soube que um deles assistia a vídeo pornográfico no seu smartphone, dentro das instalações da delegacia.

A Polícia da Província de Osaka tinha informado em coletiva de imprensa que os policiais assistiam à partida de beisebol e noticiário. Não havia informado sobre o vídeo pornô. “O ato de levarem smartphone pessoal dispõe contra as normas, não importando o que assistiam”, alegou.

O caso teve repercussão nacional quando Junya Hida, 30, fugiu, em 12 de agosto deste ano. Nos dois dias depois da fuga foram destacados 144 mil policiais para procurá-lo por 24 horas.

Só foi encontrado em 29 de setembro, na província de Yamaguchi.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *