Preços do etanol e da gasolina sobem nas bombas

Os preços do etanol e da gasolina voltaram a subir esta semana nos postos de Marília. O litro da gasolina que vinha sendo vendido em média a R$ 4,19, em alguns postos passou a R$ 4,39. O etanol de R$ 2,69 chega a R$ 2,99. Os preços variam de acordo com a bandeira. Os motoristas reclamam dos constantes aumentos depois que a Petrobras alterou sua política de reajuste.

“É um absurdo porque nunca reduz o preço de forma que faça alguma diferença. As diferenças de preços são mínimas de um posto pra outro e muitas vezes não vale à pena procurar o menor preço, pela localização do posto. Ou seja, o consumidor é sempre prejudicado”, disse o autônomo Antônio Carlos de Oliveira Junior.

Ontem a reportagem do Jornal da Manhã percorreu alguns postos de combustíveis e constatou que o menor preço do etanol foi de R$ 2,74 e o mais alto R$ 2,99. O menor preço da gasolina foi de R$ 4,20 e o mais alto R$ 4,39.

Para o mototaxista João Carlos da Silva, o preço do combustível torna mais difícil a vida de quem trabalha com o próprio veículo. “É ruim porque sempre tem aumento. A gente fica procurando nos postos de Marília um preço menor, alguma oferta, mas é difícil encontrar. Quem usa o carro ou a moto pra trabalhar está cada vez gastando mais”, disse.

No site da Petrobras, a empresa explica em nota sobre a política de preços: “Nossa política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”, informa a estatal.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *