Prefeito de Marília comemora e corta faixa inaugural da retomada de voos diretos para São Paulo com a Passaredo

Corte Faixa Passaredo (3)

O Prefeito Daniel Alonso acompanhado do Secretário da Administração Cássio Luiz Pinto Junior esteve na manhã dessa segunda-feira, dia 28, no Aeroporto Estadual de Marília Frank Miloye Milenkovich para o corte da faixa que dá início aos voos da empresa Passaredo Linhas Aéreas de Marília direto para a capital paulista, São Paulo. Depois de muita luta junto ao Governador João Doria, ele comemorou o ganho para Marília.

Os representantes da cidade foram recepcionados por funcionários da empresa e pelo gerente comercial, marketing e experiência do cliente da Passaredo, Fred Zaccaro. Daniel Alonso cumprimentou empresários de Marília que estavam indo para a capital como o  diretor da Tray, William Marques e o empresário da Acinco José Augusto de Ávila.

“Nós sabemos que existe toda uma demanda não só para os moradores de Marília, mas para um milhão e meio de pessoas da nossa macrorregião que usam as linhas aéreas com frequência, para irem a trabalho, cuidar da saúde, ou até mesmo para passeio”, disse Daniel Alonso.

O chefe do executivo mariliense disse que já conversou com a diretoria para ampliar os horários de Marília. “Desejamos todo o sucesso a empresa e já nos colocamos a disposição dela para ajudar no que for preciso. Já conversei também no sentido de ampliar as linhas com uma pela manhã e a outra no período da tarde”, disse.

“As nossas expectativas são altas e acreditamos muito no potencial econômico de Marília e região, temos certeza que com todos nos apoiando vamos longe, obrigado Marília pela acolhida. Sobre a expansão, nós já ouvimos o Prefeito e vamos na medida do possível estudar novos horários”, disse o gerente comercial, marketing e experiência do cliente da Passaredo, Fred Zaccaro.

Serão dois voos diários operados entre as duas cidades, com a aeronave modelo ATR-72, capacidade para 70 pessoas. O voo São Paulo-Marília parte às 9h da Capital e chega às 10h20 em Marília. O voo no sentido contrário tem horários de decolagem e aterrissagem, respectivamente, às 10h50 e 12h10, em Congonhas.

A aterrissagem em solo mariliense foi acompanhada também por diversos populares e também por fãs de aviação e ‘spotters’, como são chamados os fotógrafos especializados em registros de aeronaves.

Todos comemoraram muito a reativação dessa linha e mais movimentação no aeroporto de Marília. Houve também o tradicional ‘batismo’ com jatos d’água na aterrissagem do primeiro voo da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *