Prefeitura divulga balanço da volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino

No primeiro dia desse retorno, 25,66% dos alunos do ensino fundamental e 21,41% da educação infantil estiveram nas escolas

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Educação, divulgou na manhã desta terça-feira, dia 2 de março, o balanço da volta às aulas presenciais, autorizadas pelo Governo do Estado, que aconteceu nesta segunda-feira, dia 1º.
É importante esclarecer que a volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino de Marília é optativa – os pais participaram de reunião e puderam fazer a opção se queriam enviar os filhos às escolas ou se preferiam continuar com o ensino remoto (online).

No primeiro dia de aula presencial nas escolas municipais, estiveram presentes 2.237 alunos do ensino fundamental, ou seja, 25,66% do total matriculado atualmente (8.716); e 954 da educação infantil (4 e 5 anos de idade), isto é, 21,41% do total (4.455) – é fundamental lembrar que na educação infantil apenas os alunos do Infantil I (4 anos) e Infantil II (5 anos) foram autorizados a voltar, desde que essa tenha sido a opção dos pais. Já os alunos das demais faixas etárias (quatro meses até 3 anos de idade) continuam em suas casas, fazendo atividades na modalidade remota.

O secretário municipal da Educação, Prof. Helter Rogério Bochi, afirmou que o retorno foi bastante tranquilo e que todas as medidas sanitárias foram tomadas, com o objetivo de garantir a segurança dos alunos e dos próprios educadores.

“A educação municipal de Marília procurou atender às necessidades de cada família e até por isso fez reuniões individualizadas com os pais, deixando-os bem à vontade para optar pela volta às aulas presenciais a partir de 1º de março ou pela continuidade do ensino online, que segue normalmente. Foi um retorno bastante tranquilo, com horário reduzido e capacidade de no máximo 35% por sala. Além disso, todas as medidas sanitárias foram tomadas, com a higienização de todas as escolas. Os pais que fizeram a opção pelas aulas presenciais podem ficar tranquilos, pois o ambiente escolar está totalmente seguro. Solicito a eles apenas que não mandem os filhos à escola em caso de qualquer sintoma de gripe”, afirmou o secretário.

MEDIDAS

No caso do ensino presencial, para as famílias que optaram por essa forma, foram tomadas várias providências, como o distanciamento de 1,5m entre as carteiras; obrigatoriedade da higienização das mãos com álcool em gel; obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial; aferição da temperatura; horário reduzido de aula; rodízio de alunos respeitando os 35% de capacidade física da escola; organização para evitar aglomeração na entrada e saída de alunos; entre outras.

As presentes medidas foram adotadas a partir de ponderações conjuntas com as Autoridades Sanitárias do Município e Equipe Pedagógica da Secretaria Municipal da Educação, com o cuidado de garantir um retorno seguro aos profissionais da educação, no acolhimento às famílias e alunos e acima de tudo na segurança da saúde e preservação da vida de todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *