Prefeitura e Policia Militar fazem operação durante as madrugadas de finais de semana

Combater aglomerações por causa da Covid-19 e perturbação de sossego são os objetivos

A Prefeitura de Marília, por meio da Divisão de Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária, e a Polícia Militar intensificam ações e medidas no enfrentamento da pandemia.

Na noite de sexta-feira (31) a Polícia Militar antecipou aos possíveis infratores e realizou operação em alguns pontos estratégicos da cidade, seguindo orientação do setor de investigação e inteligência.

O supervisor da Vigilância Sanitária, Dr. Luciano Rocha Villela, destacou que a Polícia Militar, a Fiscalização de Posturas e Vigilância Sanitária integram o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19), conduzido pelo prefeito Daniel Alonso, e estrategicamente estão agindo no combate às aglomerações e outras irregularidades encontradas, sendo que as ações terão continuidade em todos os finais de semana.

Os principais pontos monitorados nesta operação são a Avenida Cascata (zona leste), Rua Arnaldo Spachi (zona norte) e o Distrito de Rosália, regiões em que os indicadores mostraram alto índice de aglomeração de pessoas.

Diversos motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro, sendo que dois foram autuados por embriaguez ao volante.

Veículos com som alto foram autuados já no início da operação, coibindo a reincidência dessa prática por toda a madrugada e garantindo a tranquilidade dos moradores daquelas regiões.

Segundo o major Márcio Costa, as equipes de policiais militares realizaram pontos de estacionamento, intensificando o policiamento nas imediações das localidades, impedindo a instalação de focos de aglomeração.

Foram confeccionados 43 autos de infração com remoção de sete veículos nesses locais.

“Os principais pontos monitorados nesta operação são a Avenida Cascata (zona leste) e Rua Arnaldo Spachi (zona norte). As equipes de radiopatrulha se encarregaram da operação visibilidade no bairro Marina Moretti e no distrito de Rosália com a finalidade de prevenção de bailes funk que ocasionam aglomeração e perturbação do sossego público”, disse o Major.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *