Prefeitura inicia construção de duas novas escolas no Maracá/Montana com a limpeza das áreas

A Prefeitura de Marília, por meio da empresa Construmedici Engenharia e Comércio Ltda., já deu início à construção da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Maracá e da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Professora Sofia Teixeira Barbosa” no Montana, ambas na região do distrito de Padre Nóbrega, zona norte da cidade.

8

As obras começaram com a limpeza de ambas as áreas, segundo informações do engenheiro civil Ferdinando Delgado Cyrne. “Já fizemos a limpeza no terreno do Maracá e agora estamos fazendo no Montana. Depois disso será feita a terraplenagem em ambos os terrenos, iniciando efetivamente a construção das escolas”, disse o engenheiro.

A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Daniel Alonso no último dia 9 de outubro, em solenidade realizada no auditório do Paço Municipal (2º andar), com a presença de diversas autoridades e do sócio-administrador da Construmedici Engenharia e Comércio LTDA, engenheiro Gilberto Machado Giardino.

O investimento total é de R$ 18 milhões e a meta da gestão municipal é que as obras estejam concluídas bem antes do prazo de contrato, que é de 365 dias a partir da ordem de serviço. “Queremos entregar a Emei no mês de março e a Emef em maio de 2020. A Construmedici já começou fazendo a limpeza dos terrenos e em breve fará também a terraplenagem. Serão duas novas escolas para atender aquela região que cresceu bastante com a entrega desses residenciais. A nossa educação é referência em todo o país e possui a segunda melhor nota do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do estado”, disse o prefeito Daniel Alonso.

O chefe do Executivo destaca ainda os investimentos feitos na educação. “Marília tem hoje uma merenda de alta qualidade e entregamos uniformes de verão e de inverno para os mais de 18 mil alunos da nossa rede, além de kits escolares, mochilas, estojos e tênis. Recentemente entregamos a Emei Catavento, além de reformas, ampliações e remodelações em praticamente todas as escolas. A educação é uma das nossas grandes prioridades e não estamos medindo esforços para que Marília se destaque cada vez mais nessa área.”

A construção das escolas é uma reivindicação antiga dos moradores dos residenciais e será feita com recursos próprios da Prefeitura. Juntas, as unidades escolares em prédios separados oferecerão 1.200 novas vagas.

C:Users�0368125017DesktopTIPO1-ARQ-FCH-GER0-18-05_R00 TIPO1-

EMEI MARACÁ

Com capacidade para 600 alunos, a partir do Nível III (um ano e dois meses) até o fim do período pré-escolar (cinco anos), a Emei Maracá será construída em uma área da Prefeitura na esquina entre as ruas Nair de Jesus Volpolini Nunes e Jurandir Orlando Betti, distante poucas quadras da avenida Pastor Darci da Silva Lima, principal via do residencial.

A escola será equipada com toda a estrutura para os pequenos, com salas de brincar (brinquedotecas), espaços para o “soninho”, amplo refeitório, playgrounds e quadra para atividades e eventos com as famílias, num espaço total de 2,5 mil m² de área construída.

12 - EMEF MONTANA

EMEF MONTANA

Também com capacidade para até 600 alunos, a Emef Maracá homenageará a “Professora Sofia Teixeira Barbosa”, que foi diretora da escola municipal “Antônio Garcia Egéa” (em Amadeu Amaral) e faleceu em 2018.

A escola será construída na avenida Alberto Tolentino, entre as ruas Lúcio Flávio e Artur Lopes Garcia (Tuta), em importante via de ligação do Montana e com fácil acesso para o residencial Maracá.

A escola atenderá crianças do 1º ano (6 anos de idade) até o 5º ano (entre dez e onze de idade). A unidade escolar terá salas de aula, salas de brincar – brinquedotecas –, espaços para o descanso das crianças, amplo refeitório, playgrounds e quadra para atividades e eventos com as famílias, numa área total de 2,8 mil m² de área construída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *