Prefeitura mantém intensificada as ações de combate ao aedes aegypti

Divisão de Zoonoses prossegue com o trabalho em todas as regiões da cidade. Casos de dengue somam 1.451 no ano

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, através da Divisão de Zoonoses, mantém intensificadas as ações de combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue. Com a ocorrência de casos em todos os bairros, os trabalhos seguem em todas as regiões da cidae.

“Algumas áreas apresentam maior positividade e requerem ações mais específicas e contundentes, como é o caso dos bairros Parque das Nações, Castelo Branco e Jardim Bandeirantes”, disse o médico veterinário da Divisão de Zoonoses, Lupércio Garrido.

Os bairros Santa Antonieta, Jardim Julieta, Jardim Renata, São Judas, Vila Nova e Vila Barros, após receberem uma força tarefa envolvendo agentes de várias unidades para a realização das visitas domiciliares para eliminação de criadouros, tratamento focal com larvicidas, busca de novos casos suspeitos e orientações a população, recebem agora a aplicação de inseticidas com a NAV (Nebulizador Acoplado a Veiculo).

Já o bairro Alto Cafezal, por sua vez, está recebendo o inseticida através do equipamento costa a Ultra Baixo Volume. “Lembro ainda que as ações de varreduras acontecem inclusive aos sábados”, afirmou Lupércio Garrido.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, Marília registrou em 2021 um total de 1.451 casos positivos de dengue, com um óbito. No total foram 4.098 notificações, sendo 1.231 casos descartados (negativos) e 1.416 que aguardam resultado de exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *