Presidente Damasceno e vereador Evandro Galete reforçam embate contra o pedágio

O presidente da Câmara Municipal de Marília Wilson Damasceno (PSDB) e o vereador Evandro Galete (PODE) se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia 29, com o advogado e pecuarista Divino Donizete de Castro para reforçar o embate contra a cobrança de pedágio na rodovia SP-333. Divino é o autor do mandado de segurança impetrado na Justiça de Marília contra a concessionária Entrevias, que está para iniciar a operação da praça de pedágio. Especificamente a praça instalada nas imediações do entroncamento com a rodovia Transbrasiliana (BR-153) irá isolar e prejudicar drasticamente os moradores do distrito Fazenda do Estado, bairro rural Centro Mesquita e condomínios de chácaras Vila Bela (Vila Bela, I, II e III). “Estamos nesta luta, pois não admitimos que a concessionária, que acabou de se instalar em nossa cidade, afete o cotidiano de famílias, produtores e de empresas que há décadas estão presentes em nossa cidade”, ressaltou o presidente do Poder Legislativo, Delegado Damasceno. O vereador Galete comentou que não está medindo esforços para conseguir a isenção de cobrança aos moradores das localidades que praticamente estarão ‘ilhadas’ após o início das operações de pedágio. “Não é justo e precisamos encontrar uma saída urgente”, sinalizou.

Conforme explicou o advogado Divino de Castro, o mandado de segurança impetrado tem por base uma situação semelhante ocorrida no município de Itatiba, na região de Campinas. Nesta localidade em situação idêntica a dos moradores da Fazenda do Estado, Centro Mesquita e Vila Bela, o Poder Judiciário concedeu ganho de causa para as famílias ‘ilhadas’ e aos demais moradores. Sentença favorável às famílias ‘ilhadas’ foi mantida em todas as instâncias judiciais. “O Poder Legislativo de Marília está ao lado dos moradores e o que eles dependerem de nós vereadores, terão o nosso apoio”, reiterou o presidente da Câmara Municipal de Marília, Damasceno.

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *