Presidente garante que PSDB terá candidato a prefeito mesmo com a saída de Daniel

O presidente do PSDB em Marília, Matheus Panssonato, garantiu que o partido vai lançar candidato a prefeito, mesmo que o atual chefe do Executivo Municipal, Daniel Alonso, aceite convite para mudar do partido.

Nos bastidores políticos circula a informação de que a cúpula estadual do PL teria convidado o prefeito Daniel Alonso a disputar a reeleição dele em Marília pela legenda.

“Sabemos que é natural o prefeito (Daniel Alonso) receber convites de outros partidos, mas na última conversa que tive com ele esta informação foi negada. O Daniel disse que vai permanecer no PSDB”, enfatizou o presidente do “Tucanato” em Marília.

Panssonato assumiu o partido no final do ano, com a saída do médico veterinário Fábio Manhoso, que deixou a presidência do Diretório Municipal do PSDB para cuidar da carreira profissional.

Caso se concretize a saída de Daniel Alonso do PSDB, Panssonato disse que a sigla conta com nomes fortes para concorrer ao Executivo Municipal. “Temos os vereadores Wilson Damasceno e José Luiz Queiroz, além do reitor da Unimar, Márcio Mesquita Serva e do empresário José Geraldo Garla”, frisou o dirigente tucano.

Vale lembrar que o PL tem o comando do grupo político do prefeito Daniel Alonso e na última eleição lançou a filha dele, Daniele Alonso, candidata a deputada estadual – quando a legenda ainda era o PR (fusão do Prona com o PL).

O PL tem como grande liderança no Estado de São Paulo o militar da reserva Capitão Augusto, de Ourinhos e que recentemente fixou base eleitoral em Bauru.

A reportagem do Jornal da Manhã tentou contato telefônico com o prefeito Daniel Alonso na tarde de ontem (2), mas não obteve retorno até o fechamento desta edição.  

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *