Primeiro-ministro do Japão diz que Olimpíadas são amaldiçoadas a cada 40 anos

As Olimpíadas vivem uma grande tensão e uma corrida contra o tempo para ser realizada em julho de 2020, como previsto. A crise global por conta da pandemia pelo coronavírus tem colocado cada vez mais dúvidas e pressão sobre os organizadores para que ela possa ser disputada. Porém, para o primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, há uma explicação clara para a possível não realização dos Jogos de Tóquio: “maldição”.

– É um problema que acontece a cada 40 anos. É a maldição das Olimpíadas, isso é um fato – afirmou Aso, segundo o jornal The Guardian, da Inglaterra.

De fato, a análise de Taro Aso faz sentido. Em 1940, Tóquio receberia as Olimpíadas pela primeira vez em sua história. Porém, o momento era de tensões políticas. Em 1938, a política expansionista japonesa na China motivou a mudança da sede dos Jogos para Helsinque, na Finlândia. Mesmo assim, a competição acabou não acontecendo, uma vez que havia se iniciado a Segunda Guerra Mundial em 1939.

Quarenta anos depois, as Olimpíadas aconteceram, desta vez em Moscou, então capital da União Soviética. Porém, aquela edição foi marcada pelo forte boicote: ao todo, 66 países não enviaram delegações em represália à invasão soviética no Afeganistão. Entre eles, Japão e Estados Unidos deixaram de ter atletas nos Jogos de 1980.


A história parece se repetir dessa vez em 2020. Agora, não por tensões políticas, mas sim pela pandemia de coronavírus. No atual momento global, diversos países estão em regime de quarentena. Competições esportivas foram canceladas ao redor do mundo, enquanto mais de 9 mil pessoas já perderam suas vidas em decorrência da doença.

– Como primeiro-ministro, digo que queremos realizar as Olimpíadas em um ambiente onde todos se sintam seguros e felizes. Mas, isso não é algo que o Japão pode decidir sozinho – afirmou Aso.

Por enquanto, a decisão de realizar as Olimpíadas está mantida para o dia 24 de julho.

FONTE : G.E.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *