Professor é preso por furtar carro em Gunma: “Estava muito frio para andar”

Um professor do ensino público foi preso sob acusação de furtar um carro parado no estacionamento de um supermercado em Takasaki (Gunma), no último sábado (11), informou o jornal Mainichi.

“Eu usei o carro como meio de transporte porque estava muito frio para andar”, disse Yuta Morishita, 27 anos, após ter se entregado à polícia.

O furto ocorreu de madrugada, por volta da 1h30. O professor saiu dirigindo um carro que estava com o motor ligado e a porta destravada. O dono do veículo, um homem de 44 anos residente em Saitama, estava fazendo compras no supermercado Fuji Mart, que funciona 24 horas.

O carro furtado, um modelo compacto de placa amarela, foi avaliado em cerca de ¥900 mil.

O veículo foi encontrado abandonado no sábado perto da estação de trem de Takasaki, a cerca de dois quilômetros do supermercado. No mesmo dia, o professor se entregou à polícia e foi preso por furto.

FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *