Projeto intermedia mão de obra gratuitamente

A ideia começou porque comumente os clientes do contador pedem sua ajuda para preencher uma vaga. Só que nesse apoio, Vilela passou a se angustiar com a quantidade de pessoas interessadas em trabalhar na disputa por uma única oportunidade.

“Quando um cliente pede minha ajuda para isso, sinto um misto de felicidade e tristeza. A felicidade é por que alguém vai conseguir uma vaga, mas a tristeza vem porque recebo centenas de currículos e a maioria não irá conseguir o emprego tão sonhado, desejado e necessitado”, disse o contador.

Laudo Vilela identificou a possibilidade de ajudar muito mais pessoas a entrarem ou voltarem para o mercado de trabalho se passasse a organizar seu banco de dados. E criou o projeto Empregue-se.

“Peço aos empresários que tiverem vagas para me avisarem. Não cobro nada e tenho um bom banco de dados. Envio os currículos de maneira direcionada”, disse o contador.

Vilela ainda pretende instigar mobilizações para reverter a necessidade de subempregos por parte das minorias excluídas, assim como em prol de ações públicas que ajudem a diminuir a sobrecarga da classe patronal que contribui para o fechamento de vagas.

“É triste ver empresas fechando e ver postos de trabalhos se extinguindo. Por outro lado, muitos sofrem discriminação e se sujeitam a subempregos. A sociedade precisa cada vez mais abrir novas frentes de trabalho e dar oportunidade uns aos outros. Emprego é dignidade, autoestima e o melhor programa social que existe”, completou o contador.

O contato com Vilela pode ser feito pelo número 98820-1080 (celular e whatsapp) e pelo email empreguese@vilelaecesario.com.br. Interessados em trabalhar podem enviar, além do currículo convencional para esse email, um vídeo de até 20 segundos para o whatsapp acima. Nesse vídeo a pessoa deve informar seu nome, função desejada e principais qualidades.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *