Região de Kanto registra surto de rubéola e Ministério da Saúde emite alerta

Um surto inesperado de rubéola na região de Kanto tem preocupado o Ministério da Saúde do Japão, que emitiu um alerta para que a população procure se vacinar. É a primeira vez que este alerta é emitido em cinco anos.
De acordo com uma reportagem do jornal Yomiuri, uma das preocupações é a rápida proliferação do vírus, que pode se espalhar facilmente em todo o país devido as viagens comuns de férias de verão.
O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas informou que até o dia 8 deste mês, houve 96 infectados por rubéola este ano. O número já superou as estatísticas de todo o ano de 2017, que registrou 93 pacientes.
Do número total, 38 infecções ocorreram nas últimas duas semanas, sendo a maioria nas províncias de Tóquio e Chiba. Homens representam 70% dos pacientes e a maioria possui entre 30 e 50 anos de idade. O instituto informou que a faixa etária está relacionada as gerações com baixo índice de vacinas.
A rubéola demora de duas a três semanas para manifestar os sintomas, que envolvem febre, erupções cutâneas e inchaço nos gânglios linfáticos. O vírus pode causar sérios danos as gestantes na primeira fase da gravidez, provocando doenças limitadoras e até catarata.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE
   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *