Regiões do Japão têm grande variação de contágio 30 dias após o fim da emergência

Surgiram amplas diferenças regionais no contágio com o coronavírus desde a suspensão completa 30 dias atrás do Estado de Emergência que estava em vigor no Japão. Tóquio e outras metrópoles continuam a registrar um número considerável de casos, enquanto 17 províncias não registram nenhuma infecção nos últimos 30 dias.

Nesta quinta-feira, faz exatamente um mês desde que a situação de emergência foi suspensa, em 25 de maio.

No total, constatou-se que 1.528 pessoas portavam o vírus no Japão no período de 30 dias encerrado quarta-feira, incluindo as que receberam resultado positivo em exames feitos em postos de vigilância sanitária de aeroportos.

Tóquio, com 748 casos, teve aproximadamente metade das infecções. Na capital japonesa, foram identificadas concentrações de casos em áreas de diversão noturna e também em hospitais.

Em segundo lugar, com 176 casos, ficou a província de Fukuoka, onde concentrações de infecções foram identificadas em hospitais e escolas. Hokkaido registrou o terceiro maior número, 156, com concentrações em casas de karaokê diurno.

O contágio parece estar sob controle na maioria das províncias japonesas. Dezessete delas — incluindo as de Toyama, Okinawa e Fukui — não registraram nenhum caso nos últimos 30 dias. Onze outras províncias comunicaram apenas um caso.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *