Regulamentação para compras desperta fantasma da escassez na Venezuela

Uma nova regulamentação para a compra de alimentos, baseada em carteiras de identidade, despertou nesta quarta-feira na Venezuela o temor de uma nova etapa de escassez de recursos no estado de Miranda, que engloba grande parte da região da capital Caracas, a única do país onde uma medida oficialmente adotada para conter a pandemia do novo coronavírus está sendo aplicada.

“Não quero lembrar disso (…) não quero voltar a esse tempo”, disse o aposentado Octavio Moreno à Agência Efe sobre a falta de alimentos e medicamentos básicos que o país sofreu de 2014 a 2017.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *