Reino Unido admite que sistema de rastreamento da Covid-19 viola privacidade

O governo do Reino Unido admitiu nesta segunda-feira que seu programa de detecção e rastreamento de infecções de Covid-19 na Inglaterra viola a lei de proteção de dados, embora afirme que não há evidências de que as informações obtidas tenham sido usadas “ilegalmente”.

A irregularidade foi reconhecida pela primeira vez em uma carta enviada no último dia 15 – mas que foi tornada pública hoje – à organização de defesa de privacidade Open Rights Group (ORG), que ameaça processar o governo, considerando que o sistema tem funcionado ilegalmente desde a sua introdução, em 28 de maio.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *