Reveladas à imprensa partes do Castelo de Shuri destruídas por incêndio

Na terça-feira, foram mostradas pela primeira vez à imprensa algumas partes do Castelo de Shuri, na província de Okinawa, cujos principais edifícios foram destruídos num enorme incêndio em outubro do ano passado.

Segundo investigadores, o incêndio foi provavelmente causado por um problema elétrico, e não foram encontrados sinais de crime.

As organizações que gerenciam a instalação revelaram áreas que estavam restritas, como o local onde ficava o edifício principal do complexo.

Pedaços de madeira carbonizados demonstram a força do incêndio. Os bigodes de um dragão decorativo do teto ficaram grudados nas telhas que caíram.

A economia da região foi prejudicada pela queda no número de turistas que visitavam o castelo. Os governos central do Japão e da província de Okinawa esperam reabrir as áreas atingidas pelo incêndio antes das férias de primavera do Japão.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *