SABRINA SATO FALA SOBRE DIFICULDADE EM ESCOLHER NOME DA FILHA: “NÃO SEI MAIS O QUE EU FAÇO”

Em entrevista para Thais Fersoza, Sabrina Sato deu novos detalhes de sua gestação da primeira filha com o ator Duda Nagle. A segunda parte do bate-papo foi publicada nesta quarta-feira (22) e as duas continuaram a falar sobre maternidade.

A gente é diferente nisso. O Duda gosta de nomes mais conservadores, mais comuns. Eu já gosto de nomes mais exóticos. Já não sei mais o que eu faço. Eu estou esperando o Duda sentar comigo e a gente resolver juntos. Acho que vou escolher uns três e aí quando eu olhar para a cara dela [escolho]”, explicou Sabrina.

A apresentadora também revelou que quer uma família grande. “Vamos falar baixo sobre esse assunto, senão o Duda se empolga. Ele acha que é superfácil e vai ser tranquilo. Eu quero ter vários. Sempre imaginei uma família grande, porque eu tenho uma família grande, gosto de casa cheia, de bastante gente. A mulher japonesa é a última a morrer, então eu não quero ficar sozinha. Quero vários, mais de três. Eu penso em adotar também, acho que tem que dar muito mais atenção, saber lidar, tenho amigos e familiares que adotaram. Tem que estar no momento certo.”

Sabrina também revelou a parte mais difícil da gestação. “Tem tanta coisa boa, é tão maravilhoso. Eu vou até mais feliz para a academia. A gente tem orgulho de ser grávida. Comer é mais prazeroso. Não tive enjoo, nem cólica. Todo mundo paparicando também é muito bom. Acho que fazer enxoval é gostoso, ficar vendo tudo pro bebê… A única coisa difícil da gestação é não poder beber. Porque você vai para festa, todo mundo bebendo e você ficar sóbria e careta. Eu tenho vontade, então tomo cerveja sem álcool.”

FONTE : REVISTA QUEM (GLOBO)

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *