Saúde Bucal de Marília é reconhecida na etapa SP do Prêmio Nacional CFO

Com alterações nas categorias, município concorreu entre cidades de 100 mil a 500 mil habitantes

O município de Marília ganhou reconhecimento no Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal, promovido em etapa estadual pelo CRO (Conselho Regional de Odontologia). A premiação anual homenageia as cidades que mais se destacaram em políticas públicas para promoção da odontologia na rede pública.

Marília oferece pelo SUS (Sistema Único de Saúde) serviços odontológicos em toda a rede básica de saúde, nas unidades de Pronto Atendimento – PA Sul e UPA Norte – e também procedimentos avançados no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas).

A cidade ficou classificada na quarta posição entre as localidades de 100 mil a 500 mil habitantes. No ano passado, as categorias foram organizadas de maneira diferente e o município concorreu com cidades de 50 mil a 300 mil habitantes.

“O reconhecimento aos premiados também serve de inspiração para que os demais municípios do Estado invistam em políticas públicas de saúde bucal e assim promovam melhor atendimento à população”, destaca o presidente do CRO-SP, Marcos Jenay Capez.

O Conselho observou critérios como financiamento em saúde, assistência odontológica básica e especializada, remuneração na atenção básica e educação permanente.

A supervisora do Programa de Saúde Bucal da Secretaria Municipal da Saúde, Gláucia Regina Raful Sacomani, explica que o prêmio CFO é sobretudo um reconhecimento à gestão pública municipal na área odontológica.

“Agradecemos ao prefeito Daniel Alonso e ao secretário da Saúde, Ricardo Sevilha Mustafá, pelo empenho pessoal e significativo apoio ao programa de Saúde Bucal do nosso município, oferecendo as condições necessárias para a execução das atividades”, destacou Gláucia.

O prefeito Daniel Alonso, em nome do município, agradeceu ao Conselho, à equipe que supervisiona a Saúde Bucal em Marília e aos profissionais que executam as atividades planejadas. “É um mérito compartilhado. Ficamos imensamente felizes em saber que o nosso esforço aqui está sendo reconhecido em nível estadual e nacional”, disse o chefe do Executivo.

As cidades de Mombuca, Descalvado, São Sebastião, Suzano e São Bernardo do Campo obtiveram as primeiras posições, respectivamente, nas cinco categorias (até 20 mil habitantes, de 20 a 50 mil, de 50 mil a 100 mil, de 100 mil a 500 mil e acima de meio milhão de moradores).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *