Secretário da Saúde visita CER da Unesp, apresenta van adaptada e fortalece parceria

Ricardo Mustafá destaca a importância dos serviços nas áreas de fisioterapia, fonoaudióloga e terapia ocupacional

O secretário municipal da Saúde de Marília, Ricardo Sevilha Mustafá, visitou na manhã desta quarta-feira (23) o CER (Centro Especializado de Reabilitação) da Unesp, onde apresentou a van adaptada recebida em dezembro do ano passado do Ministério da Saúde para atendimento à Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência.

Na oportunidade, o secretário, acompanhado da coordenadora de serviços administrativos da pasta, Ednalva Nascimento, conheceu a estrutura que a Unesp construiu há três anos para atendimento à grande demanda nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional.

O CER realiza entre 2.000 a 4.000 atendimentos por mês. O contrato com o município é de R$ 140 mil (mensais). A parceria teve início no final de 2016.

Em dezembro de 2018, mediante a inscrição do CER em programa específico para transporte adaptados do Ministério da Saúde, o órgão federal anunciou a contemplação, via Prefeitura, com a van equipada com plataforma, com capacidade para três cadeirantes.

O veículo ficará cedido ao Serviço de Transporte da Saúde e, além do CER, também levará pacientes para o Centro de Reabilitação Lucy Montoro e à Unidade de Fisioterapia da Secretaria Municipal da Saúde, no Terminal Urbano, que formam a Rede de Reabilitação de Marília.

O secretário Ricardo Mustafá, durante visita às instalações do CER, ficou impressionado com a qualidade da estrutura e dos recursos (equipamentos, ambientes e equipes) mobilizados pela Unesp.

“Essa parceria tem fundamental importância para nós. Como gestor do SUS, o município necessita de prestadores de serviço com essa qualidade e capacidade”, disse o secretário.

O diretor da Unesp, diretor do Campus da Unesp, Marcelo Tavella Navega, acompanhado da professora Cristiane Rodrigues Pedroni (supervisora do CER), agradeceu a visita e a conquista da van.

Ele explicou que o transporte continuará sendo administrado pela Saúde Municipal, por meio da Central, mas que o ganho para o serviço é significativo. “Se o paciente é trazido ao CER em um transporte inadequado, pode já chegar cansado, sem motivação. O conforto, nesse caso, é uma necessidade. Favorece o tratamento”, disse o diretor.

À época da liberação da van, sob a gestão do ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros, a conquista teve apoio do vereador Maurício Roberto e do deputado federal Guilherme Mussi. “Acreditamos nas parcerias. É assim que temos trabalhado para oferecer mais saúde à população, buscando e gerindo bem todos os recursos possíveis”, finalizou o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *