Shinzo Abe divulga seu novo gabinete

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, divulgou a lista oficial dos ministros de seu novo gabinete. Enquanto várias pastas importantes permaneceram iguais, 12 ministros foram nomeados pela primeira vez. O novo gabinete é resultado da reeleição de Abe como líder do Partido Liberal Democrático do Japão em setembro, apesar dos recentes escândalos. Este será seu terceiro e último mandato.

O ministro da Justiça é Takashi Yamashita, membro de uma facção intrapartidária liderada pelo rival de Abe na eleição pela liderança do partido.

O novo ministro da Defesa é Takeshi Iwaya, que foi vice-chanceler do Japão há mais de uma década.

Satsuki Katayama, uma legisladora da Câmara Alta, é a nova ministra da Revitalização Regional e a única mulher do novo gabinete.

O ministro do Interior e Telecomunicações é Masatoshi Ishida, e o da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia, Masahiko Shibayama.

O novo ministro da Agricultura, Silvicultura e Pesca é Takamori Yoshikawa, que trabalhou na reforma da política de agricultura do PLD.

O novo ministro do meio ambiente é Yoshiaki Harada.

Hiromichi Watanabe foi nomeado para supervisionar os esforços de reconstrução nas áreas destruídas pelo desastre de 2011 no nordeste do Japão.

Junzo Yamamoto ficará encarregado da administração da polícia.

Entre as obrigações de Mitsuhiro Miyakoshi está a promoção da economia de Okinawa, província do sul do Japão que abriga cerca de 70% das instalações militares dos Estados Unidos no país.

Takuya Hirai ficará encarregado da política de ciência e tecnologia e Yoshitaka Sakurada das preparações para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020.

Abe manteve 6 ministros-chave em seus cargos, incluindo os da Finanças, Negócios Estrangeiros e Economia, além do ministro dos Transportes, Infraestrutura e Turismo, o único ministro do outro partido da coalizão governista, o Partido Komei.

O secretário-chefe do Gabinete e o ministro da Revitalização Econômica também permaneceram inalterados.

Abe está trazendo de volta uma figura familiar para o posto de ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social: Takumi Nemoto, que foi ministro da Reconstrução entre 2012 e 2014.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *