Sob presidência de Marcos Rezende, Legislativo garante R$ 7,5 milhões aos cofres do Município

Devolução de duodécimo chega a R$ 3,5 milhões e isenção do ITBI assegura mais de R$ 4 milhões em arrecadação acima do esperado

Isenção de 1% da alíquota do ITBI, o imposto das transações imobiliárias, e a devolução do duodécimo do Legislativo para os cofres municipais assegurou para o Município de Marília o equivalente a R$ 7,5 milhões. Os recursos foram obtidos graças ao empenho administrativo e o trabalho de interlocução política do presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Marcos Rezende (PSD). Em seu primeiro ano à frente do Legislativo mariliense e no seu terceiro mandato como vereador, Marcos Rezende confere transparência, eficiência e competência no exercício parlamentar. Sua atuação foi elogiada pelo secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, durante a entrevista coletiva realizada na última sexta-feira, dia 20. Na oportunidade, Marcos Rezende entregou ao representante da Fazenda Municipal o cheque referente a segunda parcela do duodécimo, o recurso que é utilizado para o custeio e manutenção da Câmara. Também elencou uma série de benefícios, conquistas e investimentos realizados ao longo do ano de 2019. “Adotamos uma força-tarefa entre novembro e dezembro que nos permitiu levar ao plenário uma série de projetos fundamentais e essenciais ao desenvolvimento de Marília, incluindo o pacote com doações de áreas. Tais áreas serão destinadas ao crescimento de empresas e indústrias que não encontravam mais espaços para sua ampliação mas, agora, graças ao trabalho da administração municipal, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Câmara Municipal de Marília, estas empresas irão crescer e gerar empregos”, disse.

Devolvido em duas parcelas, cada uma correspondente a um semestre do ano, o recurso do duodécimo servirá para o pagamento do 13º salário dos servidores, conforme anunciou o secretário municipal da Fazenda. Para a redução de 1% da alíquota do ITBI, o presidente Marcos Rezende iniciou um trabalho de articulação, levando as reivindicações da população e do setor imobiliário sobre a isenção para que contratos fossem regularizados. “O Orçamento 2019 previa arrecadar com o ITBI perto de R$ 12 milhões, contudo quando aprovamos a isenção e conquistamos a prorrogação da alíquota a 1%, o recolhimento com o ITBI correspondeu a R$ 4 milhões”.

Marcos Rezende desejou um Feliz Natal a todos e destacou que está otimista para o próximo ano. “Temos a certeza que 2020 será um ano de inúmeras conquistas, continuaremos no nosso propósito em cooperar com o crescimento de Marília e de amparar toda a nossa população”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *