SP: homem cai de altura de 18m e morre em shopping

Um homem que estava dentro de um tubo no subsolo de um Shopping Metrô Santa Cruz, na Vila Mariana, em São Paulo, morreu ao cair de uma altura de 18 metros no início da tarde de hoje. A direção do shopping – que fica em cima da estação de metrô Santa Cruz – se colocou à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento.

Segundo o Corpo de Bombeiros, Francisco das Chagas Pereira, 33 anos, estava soldando uma peça dentro do tubo e desabou quando quebrou uma tábua que o sustentava. Ele foi levado para o Pronto-Socorro do Hospital São Paulo, mas não resistiu.

Em janeiro de 2002, o rompimento de um cano, causado por fortes chuvas, destruiu parte do teto do piso térreo do Shopping Santa Cruz. No incidente, uma pessoa ficou ferida.

As lojas do shopping, que tem cinco andares, numa área construída de 67 mil metros quadrados, funcionam de segunda a sábado, das 10h às 22h, e nos domingos, das 14h às 20h. O local foi inaugurado em novembro de 2001.

Confira a íntegra da nota divulgada pelo Shopping Metrô Santa Cruz:

Um acidente nas obras de expansão do Shopping Metrô Santa Cruz no início da tarde de hoje (28/07) provocou a morte de um funcionário da empresa Roca Fundações Ltda, responsável pela expansão deste centro comercial.

Trata-se de um acidente de trabalho específico de obra e o Shopping Metrô Santa Cruz continua funcionando normalmente, visto que o acidente ocorreu fora da área de acesso do público.

A direção do Shopping Metrô Santa Cruz lamenta a morte do funcionário da Roca Fundações Ltda Francisco das Chagas Pereira e se coloca à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento.

O Shopping Metrô Santa Cruz informa ainda que as obras de expansão seguiam os mais rígidos controles de segurança e de qualidade, sendo que os serviços realizados são de responsabilidade técnica da Roca Fundações Ltda. As obras têm por objetivo ampliar o número de lojas.

FONTE : TERRA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *