Temer fatia licenciamento de linha de energia para Roraima, diz Ibama

O presidente Michel Temer decidiu fatiar o processo de licenciamento ambiental de uma linha de transmissão de energia que conectará Roraima ao sistema elétrico brasileiro, processo que enfrentava dificuldades para avançar devido à necessidade de aval de uma comunidade indígena que teria suas terras cruzadas pelo empreendimento, disse à Reuters a presidente do órgão ambiental federal Ibama, Suely Araújo.

A expectativa é que com isso seja possível iniciar em breve a construção de ao menos parte do linhão, visto como importante para aumentar a segurança energética e acabar com frequentes blecautes em Roraima, abastecida atualmente com importações de energia da Venezuela e termelétricas caras e poluentes.

Segundo a presidente do Ibama, uma licença ambiental de instalação parcial, que permite as obras, poderá sair até o final de setembro para um trecho de cerca de 600 quilômetros do empreendimento, enquanto correria em separado um processo para a parte do empreendimento que atravessa a terra indígena, com 123 quilômetros.

“Nesse trecho indígena, a Fundação Nacional do Índio (Funai) estima que a licença pode sair até o fim de janeiro de 2019”, disse.

FONTE : REUTERS BRASIL

  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *