Termômetros passam de 35°C no Japão; calor pode aumentar tragédia das chuvas

Depois de uma semana de fortes chuvas torrenciais, o calor no arquipélago japonês se intensificou, com temperaturas que estão passando de 35°C em algumas localidades.
Segundo reportagem da emissora NHK, nesta sexta-feira (13), os termômetros registraram temperaturas elevadas ainda pela manhã e a preocupação com as áreas afetadas pela chuva aumentou.
A Agência de Meteorologia do Japão (JMA, em inglês), informou que o excesso de calor pode causar hipertermia (condição de aumento da temperatura corporal) com facilidade nas pessoas que trabalham ao ar livre, na reconstrução das áreas destruídas após as enchentes.
A preocupação também é para as famílias que estão em abrigos, em províncias como Hiroshima e Okayama. Além de evitar a exposição prolongada ao sol, beber água com frequência é uma das maneiras de evitar problemas de saúde.
A JMA também alertou para os riscos de tempestades repentinas, devido a uma instabilidade no tempo provocada pelas altas temperaturas. Nas regiões afetadas pela chuva, o risco de deslizamento de terra e inundações continuam, devido as irregularidades no solo.
 
CALOR EXCESSIVO
 
Até as 11h30 da manhã desta sexta, os termômetros chegaram a 35,5°C na província de Mie e 35°C em Kochi.
O calor também estava excessivo pela manhã nas áreas afetadas pela chuva, com 33,6°C em Okayama, 33,4°C em Hiroshima e 32,9°C em Ehime, por volta do mesmo horário.
Nesta sexta-feira, as máximas ficaram em 37°C em Gifu, 36°C em Nagoia (Aichi), Quioto, Yamaguchi e Saga. Em Okayama, a máxima ficou em 35°C e em Hiroshima e Ehime, a máxima ficou em 34°C.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *