Tóquio aprova leis antifumo rigorosas

O governo metropolitano de Tóquio aprovou na quarta-feira (27) novas leis antifumo rigorosas antes das Olimpíadas de 2020.

O Japão, há muito tempo, tem sido um estranho no mundo desenvolvido, considerado um paraíso para os fumantes, onde o cigarro é permitido na maioria dos restaurantes e bares.

As novas leis da cidade proíbem o fumo inteiramente em prédios de escolas, de jardins de infância a universidades, embora um espaço possa ser criado no lado de fora de instituições de ensino superior e hospitais para fumantes.

O cigarro será proibido em restaurantes na capital, não importa o tamanho. Os estabelecimentos podem instalar um espaço interno para fumar, mas os clientes não poderão comer ou beber dentro dessa área.

Os fumantes que ignorarem as novas leis repetidamente, e proprietários de restaurantes infratores, estarão sujeitos a multas de até 50 mil ienes.

A mudança ocorreu enquanto legisladores preparam uma versão nacional da proibição do cigarro que enfrentou críticas por estar bem longe das medidas necessárias para diminuir o fumo em ambientes fechados.

O fumo também será proibido em restaurantes grandes, mas ao contrário das regras da cidade de Tóquio, estabelecimentos menores que 100 metros quadrados – cerca da metade deses setor – serão isentos.

Restaurantes grandes e aqueles recém-abertos podem construir uma espaço separado para fumar, mas eles precisam garantir que a fumaça não escape da área.

O governo do Japão arrecada bilhões de dólares anualmente em receitas referentes a cigarro e tem um terço de participação na Japan Tobacco, a terceira maior empresa de tabaco do mundo.

Ironicamente, fumar nas ruas já é proibido em muitos locais no Japão, sob regulamentos locais que impõem multas elevadas para os infratores.

A Organização Mundial da Saúde deu ao Japão sua menor pontuação para esforços em prevenir o fumo passivo. Apesar disso, no entanto, o fumo no Japão vem caindo, em linha com uma tendência global mais ampla.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *