Truculência de 2 policiais pode ter matado brasileiro

Em 7 de abril deste ano um brasileiro de 39 anos apareceu no posto policial Eki-mae Sagamino Koban, na cidade de Ebina (Kanagawa). Segundo relatos, estava bêbado e quis atacar um dos policiais jogando uma cadeira dobrável no rosto dele. Recebeu ordem de prisão por obstrução da atividade pública.

Dois dos 5 servidores que vieram para socorrer o colega tentaram conter o tumulto jogando-o no chão. Teria continuado furioso por um tempo mas depois seu estado mudou repentinamente. Foi socorrido, no entanto, morreu no hospital.

Segundo o laudo da necropsia o brasileiro morreu por asfixia devido à compressão torácica.

Assim, a Polícia da Província de Kanagawa informou que encaminhou os 2 na terça-feira (10) – um de 41 e outro de 22 – para responderem criminalmente.

Há possibilidade da vítima ter morrido em consequência da truculência. O de 22 teria pressionado a região do peito e o de 41 não tomou as medidas apropriadas, apesar da mudança repentina de sua condição.

Por outro lado, o brasileiro foi enquadrado como elemento de obstrução da atividade pública, no mesmo dia dos 2 policiais, mesmo morto.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *