Variação genética é decisiva em casos graves de covid-19, indica estudo

Os pacientes de covid-19 com quadros clínicos graves, que necessitam hospitalização, “apresentam uma variação genética específica com muito mais frequência que as pessoas com quadros leves” da doença, indicou o estudo de uma equipe de cientistas austríacos.

Especificamente, trata-se da ausência no sistema imunológico de um receptor que falta em cerca de 4% da população, explica a virologista Elisabeth Puchhammer-Stöckl em comunicado divulgado nesta segunda-feira pela Universidade de Medicina de Viena (UniMed).

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *