Zagueiro pede para sair e diretoria tenta atacante do futebol português

O Marília Atlético Clube (MAC) sofreu mais uma baixa no seu elenco, que se prepara para o Campeonato Paulista da Série A-3. Ontem (dia 12), o zagueiro Diego Rosa, de 30 anos (veio do Rio Verdense-GO) pediu para ir embora.

De acordo com o diretor executivo Diego Cope, o atleta disse apenas que “não queria mais ficar” e foi atendido de imediato. Um substituto para a posição será contratado nos próximos dias.

Diego Rosa é o quinto jogador anunciado pela diretoria que deixou o Alviceleste nesta pré-temporada. Antes dele teve três laterais-direitos: Hudson nem chegou a se apresentar e acertou com o Imperatriz-MA; Ayran veio e não passou nos exames médicos; e Mateus Mima não conseguiu a liberação do Democrata-MG, com quem tem pré-contrato assinado.

O volante Lucas Ferreira foi dispensado por estar abaixo na parte física e técnica dos demais, segundo a comissão técnica.

O Marília também quase perdeu o atacante Lucas Machado, de 22 anos, que veio do Votuporanguense. Na última terça-feira, o jogador sofreu uma lesão no joelho direito e havia o risco de rompimento dos ligamentos.

Entretanto, o exame de ressonância magnética apontou apenas para um estiramento e o atleta volta aos treinos na próxima quarta-feira (18).

Edu Pina chegou

Se tem jogador saindo, também tem chegando. Ontem à tarde, foi apresentado oficialmente o lateral-esquerdo Edu Pina, de 30 anos, com quem a diretoria maqueana já estava negociando há alguns dias.

O atleta veio da Ferroviária e é o 21º reforço do clube. Revelado pelo Vasco, ele chegou a jogar por: Americana, Ituano, Boa Vista-RJ, Duque de Caxias-RJ, Macaé-RJ, Volta Redonda-RJ, Rio Branco, América-RJ, URT-MG, Sertãozinho, São Bento, Villa Nova-MG, Prudentópolis-PR, Caldense-MG, Linense e Desportiva Ferroviária-ES.

Para a lateral-esquerda o MAC já tem acertado Igor Meneghel, de 22 anos, que defendeu o Itararé no Paulista da 4ª Divisão (Sub-13) e que no primeiro semestre atuou pelo Desportivo Brasil na Série A-3. Contudo, outro jogador da posição está em observação no elenco maqueano desde a última terça-feira (dia 10).

Nascido em Marília, Marlon tem 24 anos, começou nas categorias de base do Alviceleste e profissionalmente atuou por: Mogi Mirim (2014 a 2016), Bonsucesso-RJ, Cianorte-PR, Osasco FC, Grêmio Osasco e seu último clube foi o Taquaritinga em 2018.

De acordo com Diego Cope, o jogador que também atua como meia, ficará em observação por duas semanas. O mesmo irá acontecer com o atacante Valmir, de 22 anos, que também não jogou por nenhum clube nesta temporada.

O jogador chegou ontem à cidade e trabalhará com o técnico Júlio Sérgio. O atleta jogou na base do Athletico-PR e o profissional no Mogi Mirim. Sua última agremiação foi o EC São Bernardo em 2018.

Centroavante na pauta

A diretoria maqueana quer a contratação de um centroavante e um nome já está na pauta. Trata-se do atacante Erik Mendes, de 25 anos, que estava no FC Alverca (Portugal). O jogador trabalhou com o diretor executivo do MAC no XV de Piracicaba no ano passado e no Desportivo Brasil (2017 e 2018).

“É um atleta que eu conheço bastante e gostaria muito de traze-lo para cá. Todavia, ele também tem outras propostas e não será fácil concorrer”, comentou Diego Cope.

Revelado pelo Vasco-RJ, Erik Mendes também passou pela base do Guarani e do Palmeiras. No profissional, jogou pelo Tombense-MG, Santa Clara-POR, Mirassol e Red Bull.

A estreia do Marília no Paulista da Série A-3 é no dia 25 de janeiro (sábado), às 19h30, contra o Linense, no estádio Bento de Abreu.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *